A Ler: Jim Henson's the Storyteller, Vários Autores

junho 07, 2013

Jim Henson's the Storyteller
Título: Jim Henson's the Storyteller
Autores: Katie Cook, Colleen Coover, Chris Eliopoulos, Susan Kodieck, Roger Langridge, Marjorie Liu, Ron Marz, Anthony Minghella , Anne Mountfield, Jeff Parker, Paul Tobin
Ilustrações:  Dennis Calero, Ronan Cliquet, Tom Fowler, Mitch Gerads, Janet Lee, Mike Maihack, Jennifer Meyer, David Petersen, Craig Rousseau, Evan Shaner
Editora: Archaia Entertainment
Ano de Publicação: 2013 [Edição ARC]
Número de Páginas: 112

"Now in paperback! When people told themselves their past with stories, explained their present with stories, foretold the future with stories...the best place by the fire was kept for...The Storyteller! Archaia and The Jim Henson Company are proud to present all-new tales of fantastic wonder and extraordinary myth, as told from the tongue of The Storyteller and his loyal canine companion! Witness worded wonderment from a cavalcade of crafty creators, including Roger Langridge (The Muppet Show Comic), Marjorie Liu (Black Widow), Ron Marz (Green Lantern, Artifacts), Jeff Parker (Hulk, Thunderbolts), Jimmy Palmiotti & Justin Gray (Jonah Hex), Jim McCann (Return of the Dapper Men), J.L. Meyer (Lady Pendragon), Tom Fowler (Green Arrow, Batman), Chris Eliopoulos (Pet Avengers), Colleen Coover (Spider-Man), Janet K. Lee (Emma), and many more!"

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.