Um Conto, Um Ponto #1: A Heroína e o Guerreiro, de Ana C. Nunes

outubro 08, 2013

Cover for 'A Heroína e o Guerreiro'
Título: A Heroína e o Guerreiro
Autora: Ana C. Nunes
Editora:
Ano de Publicação: 2013
Número de Páginas: 22

A grande e única Heroína, acompanhado do seu fiel Mascote , são a nossa última esperança. Conseguirão eles reescrever a história do planeta, ou serão eles a sua perdição?
Não percam as aventuras ilustradas deste duo.

Volume 1 - "A Heroína e o Guerreiro", é um conto ilustrado.

Um velho conhecido de Heroína cruza-se no caminho dos nossos dois protagonistas, mas será que as suas intenções são boas?

********************

Mascote só viu a arma quando estava quase em cima do homem e só teve tempo de gritar como uma menina e saltar no ar. Esquivou-se da lâmina por milímetros. “Car#$&%!” – Bateu com a cabeça num ramo baixo da árvore mais próxima, rebolou no ar, quase caindo ao chão e assim que recuperou o equilíbrio saiu em voo disparado na direcção da Heroína. – “Ele tentou matar-me!” – Só parou nos braços abertos dela.

Primeiro, a história. É uma história engraçada, mas com um final muito estranho. Será aquele final uma metáfora? Acho que o conto merecia terminar de outra forma, pois o início demonstrou qualidade para tal. É esperar pelos próximos episódios da heroína. A Mascote é uma personagem tão deliciosa. Lembra-me um pequeno pokemon, e gostaria de, nos próximos capítulos, o ver a crescer. Quanto à Heroína, há ali qualquer coisa que não me convenceu. Talvez o ser demasiado cliché? Ou talvez por me ter feito lembrar a Lara Croft? Hmmmmm...
Segundo, a ilustração. Sinceramente, deu-me a impressão de alguns desenhos serem feitos pela pessoa 1 e outros pela pessoa 2. Há uma pequena incoerência artística, que penso que pode ser aperfeiçoada. Apesar de não ser o tipo de ilustração que me fascine, no geral parece-me bem.

Concluindo, vale a pena ler, pela leveza e diversão da história. Como disse anteriormente, espero pelos próximos contos, pois acredito que Ana C. Nunes tem o material e a técnica para fazer algo muito bom.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá Nádia,
    Obrigada pela opinião.
    Se calhar deveria ter explicado, no ebook, que as ilustrações não foram todas feitas ao mesmo tempo. Algumas já são de há uns anos atrás, daí parecerem um pouco diferente. Mas foram todas desenhadas e pintadas por mim.
    Espero que continues a seguir as aventuras da Heroína.

    Atentamente,
    Ana C. Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana!

      Obrigada pela tua visita! :)
      Também espero seguir as aventuras, apenas tenho de ter atenção e não me esquecer :P

      Beijinhos e boa semana!

      Eliminar

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.