A Ler: Circle of Fire, de Keri Arthur - Sinopse [ARC]

janeiro 04, 2014

Título: Circle of Fire
Série: A Damask Circle
Autora: Keri Arthur
Editora: Random House Publishing Group - Bantam Dell
Ano de Publicação: 2014
Número de Páginas: 217

Sixteen teenagers taken from their homes. Eleven bodies recovered, each completely drained of blood. Some believe vampires are responsible. Jon Barnett knows that what’s happening is far worse. Sent by a group of paranormal investigators known as the Damask Circle, Jon quickly becomes enmeshed in a web of black magic and realizes he needs help. But fate gives him only one choice.

Madeline Smith has retreated to an isolated farmhouse, afraid of the abilities she cannot control—abilities that have killed. But when a “ghost” brings a warning of danger and her nephew goes missing, Maddie not only has to leave her haven, she has to place her trust in a man who is neither ghost nor human. As the noose of sorcery tightens, the search for the teenagers becomes a race against time. But the greatest danger to Maddie and Jon could be the intense feelings they refuse to acknowledge but cannot ignore.

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.