Maratonas Literárias Viagens (In)Esperadas: Desafio 0

janeiro 27, 2014

"DESAFIO 0
O desafio que eu íamos lançar hoje é para nos mostrarem os livros que vos vão acompanhar nesta maratona. Mas vocês são uma meninas muito à frente que até já advinham os nossos desafios."

Eu já tinha deixado o meu plano de leitura, mas vou partilhá-lo novamente, até porque agora tem direito a foto! :) Eu não me tinha apercebido do quão longa é afinal a maratona (vá-se lá saber porquê que não percebi à primeira), mas mesmo assim mantenho o meu plano, porque há outros livros que quero muito começar a ler mas que são de autores que eu já conheço.

E sem mais demoras, aqui fica a foto!


You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá,

    Bem não entendi bem, será mesmo George Martin ? Se for que *inveja* quem me dera nunca ter ainda lido e começar agora a descobrir esse universo fantástico :)

    Boa maratona seja ela qual for :D

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,

      Sim, lá atrás é George Martin, mas não conta para esta maratona, pois já li um livro dele :P Mas as crónicas estão para leitura bem breve!

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.