Tag Leitura Digital

janeiro 22, 2014


Vi esta tag no Algodão Doce para o Cérebro, e decidi trazê-la para o Eu e o Bam. Espero que gostem! Sintam-se à vontade para a levar, de certeza que as meninas do ADPOC não se importam :)

1. Que suporte utlizas para ler os teus ebooks? Um ereader, um tablet ou o pc?
PC. Tenciono no futuro comprar um tablet ou e-reader, mas ainda estou indecisa entre qual dos equipamentos hei-de escolher.

2. Quantos ebooks já leste desde que te iniciaste na nova "moda digital"?
Nunca os contabilizei, sinceramente. Nem tenho noção sequer de um número aproximado.

3. Qual é a língua predominante dos teus ebooks?
Inglês.

4. Compras-os ou aproveitas promoções e livros gratuitos? 
"Livros gratuitos"... e os freebies da Amazon :)

5. Aproveitas para ler clássicos ou novos autores?
Novos autores, mas também tenho imensos clássicos.

6. Tens ebooks de livros físicos para que os possas ler em qualquer local sem ter de levar o livro atrás?
Sim.

7.  Quantos ebooks tens?
Demasiados para ser legalmente aceitável!

8. Qual é o teu maior fornecedor de ebooks?
Amazon, NetGalley... e Google.

9. Aderiste por completo à Leitura Digital ou ainda vives na Idade do Livro Físico?
Livro físico, sempre. A leitura digital é apenas pela facilidade de acesso, porque nada se compara à sensação de um livro físico.

You Might Also Like

9 comentários

  1. Olá Nádia!
    Se quiseres só um aparelho para leres ebooks, recomendo o ereader: a bateria dura mais e não fere a vista
    Se quiseres algo mais versátil, o tablet é melhor ^^

    ResponderEliminar
  2. Oh claro que não nos importamos :)

    Bem Quanto ao aparelho se quiseres só ler mais vale um ereader se quiseres para outraa coisa há tablets com preços jeitosos =)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelas ideias meninas! A minha maior dúvida é a seguinte (pode ser que me possam ajudar ^^): num e-reader normal, sem ser um Kindle por exemplo, posso ler os formatos .mobi e .epub?

    Beijinhos e obrigada pelas visitas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tinha um Kobo Wireless e só lia .epub.
      Entretanto comprei o Mini, mas não sei se lê outros formatos. Sei que há Kobos que lêem .mobi e .pub mas não sei quais são. Anyway, podes sempre usar sites ou programas como o Calibre para converter os livros para o formato que quiseres ;)

      Eliminar
    2. Não sabia que havia Kobos que liam ambos os formatos! Sendo assim... :)
      Já pensei em converter tudo para um só formato mas a preguiça de vez em quando fala mais alto xD

      Eliminar
    3. Convertes "a granel" no calibre ;)

      Eliminar
  4. Olá,

    Mesmo sabendo que é mais ecológico, fácil de transportar, de arrumar ainda assim prefiro o livro fisico, mas quando os preços baixarem talvez adira, tem que ser, até porque sai mais barato :D

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tudo isso é verdade, mas o livro físico para mim será sempre mil vezes mais autêntico que um e-book. A única vantagem (que depois se desdobra) é a facilidade: a de acesso, a de transporte, etc. etc. Mas sentir o cheiro de um livro, tocar nas suas páginas... Nada supera isso :D

      Eliminar

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.