Maratonas Literárias Viagens (In)Esperadas: Desafios 5, 6 & 7

março 10, 2014

O que dá não passar o fim de semana em casa e longe do computador? Ficar atrasada no diário das maratonas! Na verdade tenho bem mais coisas em atraso (muitos comentários), mas vou tentar esta semana deixar tudo mais ou menos actualizado.

"DESAFIO 5
Estamos a caminhar para o fim da maratona. Como é que vos está a correr?"

Na sexta-feira estava a correr mais ou menos, pois dos livros que tinha escolhido, andava a ler pouco. Passei mais tempo a ler um fora da maratona do que propriamente os que tinha decidido ler para o evento.

"DESAFIO 6.1
Vamos lá completar esta flor com personagens femininas que vos marcaram (podem só indicar os nomes usando os números ou preencher com fotos dos livros ou personagens)"


1. Sorcha (A Filha da Floresta)
2. Morgaine (da série As Brumas de Avalon)
3. Kirby (Circle of Death)
4. Catelyn Stark (As Crónicas de Gelo e Fogo)
5. Ana de Cleves (A Herança Bolena)
6. Belladonna (Belladonna)
7. Condessa Olenska (A Idade da Inocência)
8. Cecilia (Carnaval em Veneza)
9. Josie (Dezanove Minutos)

Há poucas personagens que de facto me marcam, e as que me ficarão para sempre marcadas serão duas ou três. Mas fica aqui esta lista para o desafio, com personagens que eu gostei e que achei bem construídas e bastante interessantes.

"DESAFIO 6.2
Apresentem-nos uma das personagens femininas que preencheram na flor. Que actriz seria a ideal para a interpretar?"

Escolheria a Belladonna, e para a interpretar, escolheria a Nicole Kidman, pois é uma actriz que gosto bastante e que acredito que conseguiria dar um realismo clássico e romântico à personagem.


"DESAFIO 7.1
Imaginando que todas as personagens principais dos livros que vocês leram iam a um baile de máscaras, indiquem:
* De que iriam mascaradas
* Onde seria o baile de máscaras - escolher um dos locais / mundos dos livros que leram nesta maratona
*Indiquem 1 das muitas músicas que deveriam tocar para eles dançarem"

Para este desafio vou escolher Em Busca da Rosa, sendo as personagens principais Kim, Judith e Ethan (pelo menos para já penso que estas serão as mais importantes).

Disfarces:



Local:

Ainda não percebi bem se o mundo em que se passa a história é real ou não, mas onde a família de Kim mora, ao ar livre, à volta de uma fogueira.

Música:



"DESAFIO 7.2
A maratona está a chegar ao fim, qual o balanço que fazem? Conseguiram atingir os vossos objectivos?"

Não, de todo. O facto de me ter dedicado a outro livro não ajudou a conseguir ler os dois livros, mas pronto, consegui pelo menos ler o A Vida é um Presente, portanto já fico contente.

A Vida é um Presente [192/192]
Em Busca da Rosa [140/546]

Sendo assim, o total é 332.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Esta música é fixeeee :) Foi uma boa maratona :) adorei (foi a primeira em que participei!).
    * maryredhair *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro esta banda, e pareceu-me uma música engraçada para terem lá na sua festa :)

      Sim, foi uma boa maratona! Apesar de ter estado ausente durante quase metade, não me posso queixar muito ^^

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Olá,

    Vejo que gostas mesmo da Catelyn Stark :D

    Gostei de ler a mensagem ;)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)

      Sim, a Catelyn... estou ansiosa para voltar às Crónicas ^^

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.