segunda-feira, 24 de março de 2014

Monday Madness #5


1. Uma coisa que querias fazer este fim de semana e não fizeste?

Escrever. Escrever mais. Escrever 24 horas!

2. Daqui a cinco anos, eu...

... espero ter um trabalho estável, e se for algo que eu goste de fazer, ainda melhor. Espero já ter um filho, e ter livros meus publicados. Muita coisa, mas isto é talvez o mais realista (ok, a parte dos livros não é tanto, mas pronto...).

3. Lembras-te dos Arrepios? Uma loja de coisas mágicas perto de ti vai fechar e tu vais lá comprar umas coisas, e o senhor misterioso por trás do balcão mete dentro do teu saco, sem veres, uma coisa a mais. Quando chegas a casa é que reparas que tem um objecto a mais. Escreve acerca daquilo que encontraste.

Antes de mais, tenho de explicar o que lá fui comprar. Como gosto de baralhos de cartas, fui lá comprar um, com tudo o que era necessário para fazer os mais maravilhosos truques de magia. Trouxe também uma pequena bola de cristal, uma espécie de pisa-papéis, só porque era giro. Ao não ver mais nada que me interessasse, volto para casa. E em casa...
... Abro o saco para guardar as minhas compras e, ao amorfanhar o saco para o guardar, reparo que tem alguma coisa dura lá no meio. Ao ver o que era, descubro que é algo parecido com uma pequena moeda, mas não é dinheiro. Parece uma ficha de um jogo, mas é pesada, e fria na minha mão. Deixo-a em cima do balcão de mármore para depois passar na loja e entregar ao senhor e recebo um telefonema, o que apaga a descoberta do meu pensamento. Só horas mais tarde é que reparo no objecto ainda em cima do balcão e, ao pegar nele para o guardar na mala, vejo que deixou uma marca, como se tivesse chamuscado a superfície, e a moeda continua gelada. Acho aquilo estranho mas não dou muita importância.
No dia seguinte vou à loja mas dela já não sobra nada. Tudo fechado, para sempre. Não conheço o senhor fora da loja e não sei como o encontrar, então mais uma vez deito a moeda ao esquecimento.
Mais tarde, em casa, a marca negra no balcão ainda está lá, mas... parece maior. Muito maior. É impossível, penso eu. E, desconfiada, tento não pensar naquilo. Pouso lá a farinha e a minha mãe, que a ia usar de seguida, pergunta-me por ela. Está em cima do balcão, respondo. Não, não está, diz-me a minha mãe. E não estava. Pura e simplesmente, desaparecera. A marca parecia continuar a crescer, as bordas irregulares. Pergunto à minha mãe se ela sabe o que é aquilo, e ela olha para mim confusa, sem saber ao que eu me refiro. O balcão está perfeitamente normal, o que significa que a minha mãe não vê marca nenhuma.
Nessa noite não durmo, a cismar na marca e na moeda, que continua um gelo contra a minha pele. Olho para as horas, são 3:15h. Levanto-me, cansada mas desperta, e vou olhar para o balcão. A marca é agora enorme, tomando conta de quase toda a área. Aquilo assusta-me, e tenho medo de lhe tocar, espreitando para tentar perceber o que é aquilo.
E é então que alguém espreita para mim, e sinto a moeda a queimar-me.

4. Tens ajudado um amigo teu a construir um muro de tijolos na cave, para fazer uma divisão. Quando acabam, descobrem que se esqueceram de deixar espaço para pôr uma porta. Ele diz para não te preocupares, foi planeado assim. Como é que reages?

Provavelmente ficava a olhar para o meu amigo com cara de parva a tentar perceber o que é que ele queria dizer com aquilo. E depois ficava curiosa para saber o porquê de ter sido pensado assim. Mas acabo por não descobrir, pois o meu colega apenas se ri e não revela nada.

5. Nas feiras populares, alguma vez ganhaste algum grande prémio? Ou gastaste muito dinheiro sem teres ganho nada? Viste alguma coisa estranha?

Nunca fui muito de jogar neste tipo de atracções, logo nunca ganhei coisa nenhuma. Mas no ano passado, no S. João, o meu namorado decidiu experimentar um jogo de setas, cujo prémio era um peluche, para mo oferecer. E vocês pensam, oooh, que querido! Não. Gastou 5€ e não recebi peluche nenhum!
Coisas estranhas... nem sei o que dizer. Há coisas estranhas em todo o lado.

2 comentários :

  1. Olá,

    Ora aqui estão umas respostas bem interessantes e o que mais desejo é que a 2 se concretiza na integra, vai correr bem :D

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada amigo, espero realmente que sim :D

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pela visita!