sábado, 8 de março de 2014

World Wide Livro #7: Livros Fora do Cinema


Eu admito desde já que o título do WWL desta semana pode dar azo a várias interpretações, mas o que vos trago hoje são livros que, por um motivo ou outro, nunca foram adaptados ao cinema.

É quase científico que o livro é sempre melhor que a adaptação para o cinema, ou televisão. Pelo menos, na maior parte das vezes é o que acontece. Mas também há o outro lado, em adaptações ao cinema de livros que não eram muito falados, a adaptação ser um sucesso de bilheteiras e em pouco tempo os livros desaparecerem das estantes.

E depois há alguns que resistem apenas na sua versão escrita. Ou seja porque os autores não deixam a sua adaptação, ou simplesmente porque não calhou e não parece que vá calhar tão cedo. Aqui ficam alguns destes sobreviventes.

A Torre Negra, de Stephen King
A Torre Negra (A Torre Negra, #7)

O primeiro filme já deveria ter saído, mas a verdade é que nem sequer começou a ser filmado. Há muito a fazer na adaptação de um pistoleiro num mundo mágico e estranho, à procura de uma misteriosa torre. Em 2010 a Universal anunciou que ia adaptar a saga a uma trilogia para o cinema e duas temporadas para a televisão, marcando Maio de 2013 como a data de lançamento do primeiro filme. Problemas na produção, outras companhias que desistiram... é um projecto que ainda há-de andar, só não se sabe é quando.

Uma Conspiração de Estúpidos, de John Kennedy Toole
Uma Conspiração de Estúpidos

Adaptar este livro ao cinema tem sido tão desastroso que Steven Soderbergh, a pessoa que está mais próxima de o fazer, chamou-lhe "amaldiçoado". A dificuldade não é inesperada, tendo em conta que é um livro bastante estranho. A história é sobre um homem presunçoso de 30 anos, Ignatius J. Reilly, que se acha acima de tudo e de todos, e que vive com a mãe em Nova Orleães. É uma criação de banda desenhada clássica, mas o enredo é dificilmente linear.
No início dos anos 80, Harold Ramis tentou fazer a adaptação, com John Belushi no papel de Reilly. John Candy, Chris Farley e Divine foram todos uma hipótese para o papel, mas todos morreram antes de qualquer decisão. Soderbergh escrevou uma versão com Scott Kramer, mas nada. A última tentativa foi feita por James Bobin, mas uma vez mais o projecto não avançou devido a questões financeiras.

Dom Quixote de la Mancha, de Cervantes
Dom Quixote de La Mancha

Publicado em 1605, e talves o mais famoso livro que ainda resiste a uma adaptação. A história de Dom Quixote, o homem que acredita que todos os contos de heróis são reais e imagina cada pedaço de vida mundano como uma aventura fantástica, parece ideal para um filme. A Walt Disney tentou fazer uma versão animada, apesar de a tentativa mais popular tenha sido a de Terry Gilliam, que em 2008 começou a gravar The Man Who Killed Don Quixote, até uma série de desastres terminar as gravações. Pelo lado positivo, o desastre foi gravado no documentário Lost in la Mancha. Desde então, Gilliam tem tentado resuscitar o seu projecto, que agora se irá guerrear com um filme da Disney, num esforço para ter Johnny Depp no papel principal, tal como Gilliam desejava em 2008.

Sandman, de Neil Gaiman
Sandman, Prelúdios -  volume 1

No total, a banda desenhada tem cerca de 2000 páginas, portanto pode-se começar a entender a dificuldade em adaptar a obra de Neil Gaiman. É a história de Morfeu, senhor dos Sonhos, que é raptado durante 70 anos e encontra o seu reino muito diferente quando volta (e este é apenas o início de uma longa trama). Ted Elliot e Terry Rossio, que estiveram por trás dos filmes Piratas das Caraíbas, tentaram adaptá-lo nos anos 90, mas sem sucesso; Neil Gaiman chegou mesmo a apelidar o guião como sendo facilmente o pior que alguma vez tinha lido. Também uma adaptação para televisão foi pensada, mas não deu frutos. O autor da obra sempre apoiou adaptações da mesma quer para o grande quer para o pequeno ecrã, tendo mesmo colaborado em várias das tentativas de adaptação, mas afirmando sempre que prefere que não haja nenhum filme a haver um mau.

À Espera no Centeio, de J.D. Salinger
À Espera No Centeio

É daqueles livros que é fantástico quando lido na juventude, e mais estranho quando se lê depois dos vinte e tais. É a história de Holden Caulfield, um rapaz prestes a ser um homem e inseguro acerca deste salto inevitável. Enquanto Salinger foi vivo, resistiu a todo e qualquer esforço para fazer uma adaptação deste livro. Houve ofertas de algumas companhias na altura em que foi lançado, 1951, e Jerry Lewis queria muito fazer o papel. Assim como Billy Wilder. Marlon Brando, Jack Nicholson, Tobey Maguire e Leonardo Dicaprio, todos tentaram. Salinger disse que não a todos. Propostas de Harvey Weinstein e Steven Spielberg foram também recusadas. Porém, após a morte do autor foi publicada uma carta sua, afirmando que se tinha resignado com a ideia de uma adaptação aos ecrãs ser um dia real, e que os seus filhos poderiam vender os direitos da obra, uma vez que não lhes tinha deixado muito dinheiro. Mesmo assim, ainda está longe de ser adaptado. Talvez não seja de todo uma má ideia, tendo em conta que a maior parte da história é contada em monólogo, o que dificulta a adaptação.

A História Secreta, de Donna Tartt
A História Secreta

O primeiro romance de Donna Tartt foi um grande sucesso, uma história sombria de seis amigos e as circunstâncias que levaram ao assassínio de um deles. Parecia talhado para uma adaptação cinematográfica, com temas modernos e tragédia clássica. Alan J. Pakula decidiu enveredar pela adaptação e pediu para o guião ser escrito, mas não foi avante e o realizador acabou por falecer em 1998. Tudo ficou calmo durante anos, até que Gwyneth Paltrow e o seu irmão Jake fizeram um acordo com a Miramax, para ser esquecido, devido a problemas pessoais (o pai de ambos morrera). Neste momento, Donna recusa-se a vender os direitos para fazer uma nova adaptação.

Nas Montanhas da Loucura, de H.P. Lovecraft
Nas Montanhas da Loucura

Lovecraft e as suas ideias mórbidas sempre foram fonte de inspiração para vários realizadores, servindo como critérios para filmes como Evil Dead e The Thing, mas adaptar a sua obra é bem mais complicado, em parte devido à sua imensa imaginação. Neste livro, a história gira em volta de uma expedição à Antártida, onde formas de vida ancestrais são encontradas e o horror instala-se. Guillermo Del Toro, admirador do trabalho do autor, tentou adaptar Nas Montanhas da Loucura, com Tom Cruise como protagonista e James Cameron como produtor, mas o custo financeiro foi sempre um problema. Mesmo assim, garante que ainda vai fazer um último esforço para ir avante com esta produção, antes de desistir.


Vocês sabem de mais algum livro inadaptável? Quais gostariam de ver no ecrã?

4 comentários :

  1. Adorei este post:) Não conhecia a maior parte destes projectos falhados de adaptação. Nunca li nenhum dos livros mas gostava de ler o "A história secreta", "D. Quixote" e "Uma Conspiração de Estúpidos". Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Catarina ^^ Eu também desconhecia, e a de D. Quixote foi a que mais me chocou, pois podia jurar que já tinha sido adaptado.

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Viva,

    Bem interessante mensagem adorava ler a Torre Negra, penso que está a ser publicado pela Berthand tal como o do Gaiman :)

    os restantes não conheço e tenho por ler Uma Conspiração de Estupidos, a ver se arranjo tempo.

    Não te sei dizer nenhum que tivesse sido inadaptável

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      A Torre Negra espero começar a ler ainda este ano! :)

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por comentares :)