domingo, 20 de abril de 2014

Sangue e Chocolate, de Annette Curtis Klause - Opinião

Sangue e Chocolate
Título: Sangue e Chocolate
Título Original: Blood and Chocolate
Autora: Annette Curtis Klause
Editora: Editora Underworld
Ano de Publicação: 2011
Número de Páginas: 206
Sinopse

Posso afirmar que já há alguns anos que eu queria ler este livro. O título sempre me pareceu sugestivo, mas entretanto os meus gostos literários foram-se modelando, e outras prioridades livrescas formaram-se. Com a participação na Maratona da Páscoa, o desafio opcional era ler algo com um doce no título, ou na capa... e assim a leitura de Sangue e Chocolate concretizou-se.

Depois de tantos anos a querer ler este livro... Devo dizer que esperava mais. Não estava à espera que fosse abalar a minha vida literária, mas também não pensei que fosse ser tão indiferente. Penso que o maior motivo para esta indiferença fosse a qualidade da tradução, pois havia partes em que custou mesmo muito entender a frase, repleta de erros. Mas já lá chegarei.
Este livro é, muito basicamente, resumido da seguinte forma: uma lobisomem que se apaixona por um humano, que tem um certo gosto pelo oculto, enquanto que o seu bando/matilha está a procurar um novo líder, depois da morte do pai da lobisomem. E sim, é isto. Há muita pouca história para além disto, e os dois ou três grandes acontecimentos que não são isto, não posso contar por causa dos spoilers. Mas... são dois ou três. Apenas. Queria mais, pois tudo é tão repentino. No entanto, seria bem mais fácil de digerir se não fosse a tradução. Um erro ou outro, num livro, já chateia. Quando temos erros atrás de erros (até na concordância do ele/ela!), a narrativa torna-se extremamente cansativa e toda a graça que poderia ter, é-lhe tirada. Cansei-me do livro, confesso. A meio da história aquilo era previsível e aborrecido.
Mas depois... o final deixou-me completamente submersa na história. De repente temos uma situação que nos faz acordar da letargia que se apodera de nós, e a acção realmente começa, e sofregamente chegamos ao fim, no meio de revelações e actos corajosos que realmente valem a pena toda a fase inicial. E finalmente, leio um livro em que a protagonista fica com quem eu realmente quero desde o início (e mais não digo!)
Algo que não ajudou à simpatia por este livro foi a personagem principal, logo ao início. A lobisomem, Vivian, chateou-me, com a sua atitude superior a toda a gente.

"Eu vou por mais uns rasgados em sua meia-calça, querida, se me olhar desse jeito de novo."

Este é um dos muitos exemplos que eu podia usar para ilustrar o quão execrável é a forma de se comportar de Vivian, que se considera sempre melhor do que os outros, por ser muito bonita, ou ter umas pernas compridas. A forma como se comporta com a mãe, Esme, para mim não faz sentido nenhum. E depois Aiden, o humano por quem ela se apaixona, também me parece um rapaz estúpido, algo anormal, principalmente depois da sua atitude depois de algo que acontece com Vivian (ai, os spoilers...). Como personagens mais interessantes temos William e Gabriel, principalmente este último, foi sem dúvida a que mais me agradou. Principalmente depois de descobrir a história da sua vida.
Há alguns aspectos neste livro que deviam ser melhorados, e isto já não se prende com a tradução. Os Cinco deveriam ser melhor explorados, individualmente e como grupo, e a sua relação com Vivian. A relação de Esme com Gabriel também é algo muito estranho, principalmente no final do livro. Astrid deveria ter sido também uma personagem mais real, para justificar as suas acções, não sendo apenas uma "cabra".

Portanto... Sangue e Chocolate tinha tudo para ser uma má leitura, com duas ou três personagens que valiam a pena. Mas, depois daquele final, que me fez ler enquanto jantava, ansiosa por saber como acabava, acabou por salvar a leitura e redimir o livro aos meus olhos, tornando uma experiência bem mais agradável. Não aconselho propriamente este livro aos sete ventos, mas é algo leve e simples para se descansar a cabeça de leituras mais sérias e pesadas (mas, sejamos sinceros, há muitos, e muito melhores do que este para tal fim).

2 comentários :

  1. Ois,

    Um livro que pelo que percebi vale pelo final, ainda bem :D

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim migo, mas mesmo assim, não é dos melhores :)

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por comentares :)