TAG Goodreads

abril 23, 2014

Já tinha visto esta tag há algum tempo no blogue Singularidades de uma Rapariga Loira, e hoje trago-a para aqui, a última tag para comemorar o Dia Mundial do Livro. Espero que tenham gostado desta série de tags, levem-nas se quiserem!

Goodreads: Book reviews, recommendations, and discussion

1. Qual o último livro que marcaste como "lido"?



2. Qual ou quais os livros que estás a ler no momento?



3. Qual o último livro que marcaste como "To Read", isto é, "A Ler"?



4. Qual o livro que planeias ler em seguida?


5. Usas o sistema de estrelas para classificar os livros?


No Goodreads sim, no blogue não.

   
6. Estabeleceste alguma meta de livros a ler este ano?



7. Tens alguma "Wishlist", ou seja, "Lista de Desejos"?

Não, as únicas listas que tenho no Goodreads são a read (150), currently-reading (3) e to-read (223).

8. Que livro planeias comprar em breve?

Nenhum.

9. Tens alguma citação preferida?


Tenho várias, aqui ficam algumas.


10. Pertences a algum grupo no Goodreads?


Se calhar ainda faço parte de mais algum :)

Peço desde já desculpa pela qualidade dos prints, não estão grande coisa mas penso que dá para terem uma ideia!

You Might Also Like

2 comentários

  1. Ois,

    Gosto muito desta tag e embora ande no GR é uma ferramenta que utilize pouco pois não me dou muito bem, mas que reconheço é muito boa.

    Muito bem :D

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que ir para lá mais vezes :P É uma ferramenta, tal como dizes, muito boa, tens um controlo sobre o que lês e o que queres ler muito facilmente ^^

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.