TAG Venha o Diabo e Escolha!

abril 23, 2014


Criada originalmente pela Catarina do Little House of Books, esta tag foi-me passada pela Kel, d'A Rapariga dos Livros. Obrigada Kel! Apesar de ser uma tag mázinha, vamos a isto!

1 – Preferias só poderes ler um livro por ano e saberes que ias adorá-lo ou leres vários e nãos gostares muito deles?
Hmmmmmm... começa bem! Acho que preferia ler vários que não gostasse por aí além. Haveria sempre uma coisa ou outra para retirar de algum, ao invés de estar o ano todo a ler e reler o mesmo livro. Cansar-me-ia desse livro e passaria, muito provavelmente, a odiá-lo, se o relesse o ano todo. E pensam vocês, "então não relias!", mas se não relesse, que mais ia ter para ler?

2 – Preferias nunca poderes conhecer o teu autor(a) favorito/a ou nunca mais poderes ler mais livros do/a mesmo/a a partir deste momento?
Sem dúvida alguma, eles lá eu cá! Alguns dos meus escritores favoritos já morreram, portanto por todos os motivos e mais alguns, espero bem não os conhecer!, e continuar a usufruir da sua obra. Quanto aos que ainda estão vivos, que fiquem no seu cantinho do mundo, que eu continuo a ler os seus livros.

3 – Preferias ser obrigado a ver sempre os filmes antes de leres os livros ou nunca veres os filmes?
Eu e os filmes temos uma relação a modos que complicada... é que eu adormeço facilmente a ver televisão. Portanto... Esta pergunta, sinceramente, é-me um bocado indiferente, porque apesar de gostar de filmes, ver adaptações de livros é sempre complicado. Mas como nem só de livros pode viver uma pessoa, escolhia ver sempre os filmes antes de ler os livros.

4 – Preferias matar uma das tuas personagens favoritas de sempre ou deixar um dos piores vilões escapar impune?
Matar uma das minhas personagem favoritas. Mas e se essa personagem... for um dos piores vilões de sempre? 

5 – Preferias ser um tributo nos Jogos da Fome ou que a pessoa mais importante para ti no mundo o fosse?
Desculpem-me fãs, mas nem li livro nem vi filme, portanto não faço a mínima do que estão a falar.

6 – Preferias que a tua série favorita de sempre nunca tivesse existido ou que o/a autor(a) nunca a conseguisse acabar?
Se calhar, que o autor nunca a acabasse. Por mais que a incerteza quanto ao futuro das personagens seja irritante, é-o porque as personagens e a história são importante para nós, e se assim é, então é porque devem existir. Se nos ficam marcadas, então é porque vale a pena que existam, e na nossa cabeça, embora seja frustrante, podemos sempre dar o fim que desejarmos.

7 – Preferias nunca ter conhecida esta comunidade literária na internet ou teres de deixar de fazer parte dela para sempre obrigatoriamente?
Apesar de estar grata e sentir-me feliz por toda esta comunidade, as pessoas que conheci e muitas outras coisas, preferia nunca ter conhecido a abandonar tudo eternamente. Nesta resposta concordo com a Kel, "dizem que quando não conhecemos uma coisa não sentimos a sua falta, não é?", e é o que sinto. Não me imagino sem o Eu e o Bam, portanto a segunda opção está completamente fora de hipótese sequer!

8 – Preferias que um livro que encomendaste chegasse a tua casa numa edição super feia, mas em óptimas condições ou que chegasse a tua casa na edição que querias, mas toda estragada, sem puderes reclamar?
Preferia a versão feia. Apesar de os olhinhos também comerem, prefiro uma edição feia mas direitinha do que algo lindo e completamente estragado.

9 – Preferias que os teus livros, por conta de uma tragédia, ardessem ou se afogassem?
Aiiii Catarina, porquê esta pergunta! Nem uma coisa nem outra. Vou usar a out-of-jail-free-card e vou-me dar ao luxo de não responder a esta :P

10 – Preferias rasgar a capa de um livrou ou sujá-la com algo que não saia?
Sujá-la... Mas pensar numa opção ou outra agonia-me :P

Já respondi a algumas TAG's com perguntas que me fizeram pensar, mas esta é mesmo má! :) É um exercício muito engraçado, se quiserem levem-na e respondam, se se atreverem :)

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá!
    Adorei a tua resposta à pergunta 4! Então a tua personagem favorita é um vilã?? Altamente! Quem é? :p
    De resto, gostei muito das respostas! Há muitas em que estamos de acordo, não é? :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)

      É verdade! Muitas de acordo :) A questão do vilão não foi propriamente pensada em nenhuma personagem em específico, mas pode haver casos assim :P

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.