domingo, 1 de junho de 2014

Um Conto, Um Ponto #19: Vila de Cobres, de Olinda P. Gil

Vila de Cobres
Título: Vila de Cobres
Autora: Olinda P. Gil
Editora: Smashwords
Ano de Publicação: 2013
Número de Páginas: 15

Num Alentejo após a Revolução Industrial, que afinal não existiu, um engenheiro inglês toma-se de amores por uma alentejana ruiva.

********************

Para terminar a minha incursão pelos contos de Olinda P. Gil, Vila de Cobres foi a minha última experiência e também a que menos gostei. Não me interpretem mal: tem qualidade, está bem escrita e, de repente, acaba. Assim, sem mais nem menos. Foi uma espécie de anti-climax, pois estava embrenhada na história e subitamente terminou. Ainda pensei que houvesse algo de errado com o meu ficheiro, fiz novo download, e a situação foi igualzinha.
É uma história interessante e bem contada, com um ambiente muito bem conseguido e prende facilmente o leitor, com um leve toque de steampunk (ou assim me pareceu). Fiquei com pena do final abrupto, mas mesmo assim reconheço a qualidade de Vila de Cobres, e recomendo na mesma a sua leitura, pois a autora, Olinda P. Gil, é uma caixinha de surpresas, muito boa no que faz, e uma escritora de leitura obrigatória.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Obrigada por comentares :)