domingo, 14 de dezembro de 2014

Sugestão de Natal - Marcador

Com o aproximar do Natal e do segundo aniversário do Eu e o Bam, decidi este mês deixar-vos algumas sugestões literárias retiradas das editoras com que tenho parceria, num pequeno gesto de agradecimento pelo apoio importantíssimo que são.


O Rei de Ferro e a Rainha Estrangulada (The Accursed Kings, #1)

O Rei de Ferro e a Rainha Estrangulada, de Maurice Druon

O Rei de Ferro - Filipe, o Belo - é frio, cruel, silencioso, e governa o reino sem hesitações. Apesar disso, não consegue dominar a própria família: os filhos são fracos e as esposas, adúlteras, ao mesmo tempo que a sua filha de sangue, Isabel, é infeliz no casamento com o rei inglês - que parece preferir a companhia de homens. 
Empenhado na perseguição aos ricos e poderosos Templários, Filipe sentencia o grão-mestre Jacques de Molay a ser queimado na fogueira, atraindo sobre si uma maldição que vai destruir o futuro da sua dinastia. Morre nesse mesmo ano, deixando o reino em grande desordem. 
O seu filho é nomeado rei, mas com a esposa presa e acusada de adultério, é incapaz de gerar um herdeiro e de garantir a sucessão. 
Enquanto a cristandade espera um papa e as pessoas estão a morrer de fome, as rivalidades, intrigas e conspirações vão despedaçar o reino e levar barões, banqueiros e o próprio rei a um beco sem saída, ao qual só parece ser possível escapar pelo derramamento de sangue.


A Seleção, de Kiera Cass

Para trinta e cinco raparigas a seleção é a oportunidade de uma vida.
É a possibilidade de escaparem de um destino que lhes está traçado desde o nascimento, de se perderem num mundo de vestidos cintilantes e joias de valor inestimável, de viverem num palácio e competirem pelo coração do belo Príncipe Maxon.

No entanto, para America Singer, ser selecionada é um pesadelo. Terá de virar as costas ao seu amor secreto por Aspen, que pertence a uma casta abaixo da sua, deixar a sua família para entrar numa competição feroz por uma coroa que não deseja, e viver num palácio constantemente ameaçado pelos ataques violentos dos rebeldes.

Mas é então que America conhece o Príncipe Maxon. Pouco a pouco, começa a questionar todos os planos que definiu para si mesma e percebe que a vida com que sempre sonhou pode não ter comparação com o futuro que nunca imaginou. 

2 comentários :

  1. Ois,

    O primeiro livro devo ler em 2015, pelo menos vou tentar, é dos que mais desejo ler, mas antes tenho dois que devem estar a chegar e que será a minha próxima leitura ;)

    Bjs e onrigado pela sugestão :D

    ResponderEliminar

Obrigada por comentares :)