sexta-feira, 27 de março de 2015

Miss Peregrine's Home for Peculiar Children, de Ransom Riggs - Opinião

Miss Peregrine's Home for Peculiar Children (Miss Peregrine's Peculiar Children, #1)
Título: Miss Peregrine's Home for Peculiar Children
Série: Miss Peregrine's Peculiar Children
Autor: Ransom Riggs
Editora: Quirk
Ano de Publicação: 2011
Número de Páginas: 352

Por várias vezes expressei aqui no blogue o quanto eu queria ler este livro. Fui sempre adiando, adiando, até que finalmente o dia chegou. Os meus primeiros pensamentos foram, mais ou menos, isto:

Mas. Que. Raio.

O livro conta a história de Jacob, dividida entre o Antes e o Depois. Jacob cresceu a ouvir as histórias fantásticas do seu avô Abe e da sua vida, a acreditar nelas enquanto era pequeno e, à medida que ia crescendo, a relegá-las para a imaginação estranha do avô. No entanto, após a grotesca morte de Abe, Jacob vai descobrindo que há mais de realidade do que pensava nas memórias do seu avô, e embarca numa viagem para descobrir a verdade e encontrar algum conforto nessa verdade.
Cheguei ao fim do primeiro capítulo e obriguei-me a ir consultar a sinopse do livro, para ter a certeza do que estava a ler. Mais uma vez, mas-que-raio. Depois descobri o que tanto me tinha fascinado no livro: as fotografias. Simplesmente as fotografias. Passo a explicar: o autor foi tomando conhecimento e coleccionando uma série de fotografias de pessoas, fotografias peculiares, e depois decidiu escrever uma história à volta dessas fotos. Algo relativamente comum, e tendo em conta a quantidade de fotos disponíveis, algo corajoso até. Mas não me parece que tenha sido bem sucedido.
Como não sou de desistir de leituras a meio, fui lendo o livro, pois também estava curiosa para saber em que nível é que a história se desenrolava (se na realidade, se na imaginação) e como é que o autor ia justificar a linha da narrativa. Apesar de o ter feito de um modo interessante, este livro foi um desperdício de tempo. Não posso entrar em grandes devaneios pois dizer um pormenor que seja transforma-se num grande spoiler, e apesar de me sentir tentada a tal, não o irei fazer (podem ler descansados). Mas é essa a minha vontade, para vos poder mostrar o quanto este livro me desagradou. Desde as decisões tomadas por Jacob (principalmente a decisão final), à sua relação com Emma (que para além de ser estranha por si só, há o avô), ao presente das crianças... É tudo tão... peculiar! É frustrante, este livro. Sabemos que dentro do seu mundo é tudo tão improvável que mesmo esse conceito nos chateia.
Cheguei ao fim do livro ainda mais frustrada, pois a história não acaba - como se não bastasse, tanta coisa e fica tudo em aberto. Vou ficar sempre sem saber como acaba a aventura de Jacob, pois de certeza que não irei pegar nos restantes volumes.

Para quem gosta de coisas estranhas (esta palavra continua a aparecer quase sem querer durante a opinião a este livro), talvez vá gostar deste livro. Mas, mesmo assim, tenho dúvidas. Não me parece que seja um livro fácil de gostar. Miss Peregrine's Home for Peculiar Children - Mister Riggs' Book for Peculiar Readers.

Tanto quanto sei, vai ser adaptado ao cinema, nem mais nem menos pelo Tim Burton - quem mais? Provavelmente o filme será uma aposta bem melhor do que o livro.
E as fotografias? Esqueçam. Vejam aqui algumas dessas fotos, e depois de ter lido o livro, posso dizer-vos que as fotografias prometem muito, muito mais.

Aqui fica um trailer feito por um fã que também está mais interessante do que o livro:


Sem comentários :

Enviar um comentário

Obrigada por comentares :)