domingo, 26 de abril de 2015

Teias de Sonhos, de Anne Bishop - Opinião [Saída de Emergência]

Teias de Sonhos
Título: Teias de Sonhos
Título Original: Dreams Made Flesh
Série: Jóias Negras
Autora: Anne Bishop
Editora: Saída de Emergência
Ano de Publicação: 2007
Número de Páginas: 489

A possibilidade de conhecer cada vez mais a fundo o maravilhoso mundo das Jóias Negras torna-se mais premente a cada leitura destes fantásticos livros. Assim sendo, conhecer melhor a história deste universo e de alguns dos seus personagens revela-se não só prazeroso, mas também necessário.

Teias de Sonhos começa por nos contar como surgiram as teias e todo o Universo, através da Aranha Tecedeira de Sonhos. Apesar de ser uma ideia ligeiramente estranha, não deixa de demonstrar a inteligência de Anne Bishop na criação das suas realidades. A partir daqui, todo o livro desabrocha em três contos fabulosos, que trazem consigo segredos e explicações acerca de algumas personagens.
O Príncipe de Ebon Rih conta a história de Lucivar e Marian, como eles se conheceram e como a sua relação evoluiu. Confesso que Lucivar sempre foi uma personagem que me desagradou um pouco, apesar de não conseguir especificar porquê. Lembro-me que quando li a trilogia, há uns anos atrás, antipatizei com ele. E mesmo passado algum tempo, lendo este conto e vendo-o com outros olhos, continuo a achar Lucivar um pouco... irritante. Talvez seja a sua personalidade bruta e irascível, talvez não. Este conto aborreceu-me um pouco, mas devido à minha pequena guerra com Lucivar. De resto, é uma história de amor muito bonita e Marian é simplesmente incrível.
Zuulaman é uma história deliciosa e bastante negra. Um episódio marcante na vida de Saetan, o Senhor Supremo do Inferno, e de como brincar com ele devia ser proibido. É simplesmente brutal. Saetan revela-me uma personagem fantástica, que vai de pai extremoso a monstro num piscar de olhos. Não é tão linear quanto isto... mas não posso dar spoilers. E o ódio por Hekatah? Check. Cada vez maior!
O Coração de Kaeleer é... *lágrimas nos olhos* lindo. Daemon - claro! - luta pelo seu amor com/por Jaenelle, depois do que aconteceu em Rainha das Trevas. Conseguirão voltar a ser o que eram? Não há palavras para descrever quão especial é a relação destes dois.

Foi uma leitura bastante interessante, sob todos os aspectos possíveis: histórias delicadamente escritas, com uma voz mágica e uma emoção subjacente a cada acção; poder conhecer mais detalhadamente os Sangue, as suas histórias; reencontrar Anne Bishop e a sua fantasia sublime, que a deixam milhas à frente de 99% dos escritores de fantasia.

Para quem gostou da trilogia, não deixem de ler Teias de Sonhos. Muitas coisas são explicadas e reveladas, e é uma óptima leitura. Aconselho vivamente a todos os amantes de fantasia que por aí andam, sabendo ou não do que se trata... Teias de Sonhos é tão bom que qualquer pessoa lhe consegue reconhecer o valor merecido.

2 comentários :

  1. Ois miga,

    Sem duvida que este livro é muito bom :D

    Olha e vai haver novas em breve desta escritora ehehe

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar

Obrigada por comentares :)