segunda-feira, 8 de junho de 2015

A Alquimista das Cores, de Aimee Bender - Opinião [Marcador]

25314280
Título: A Alquimista das Cores
Título original: The Color Master
Autora: Aimee Bender
Editora: Marcador
Ano de Publicação: 2015
Número de Páginas: 232

Já alguma vez vos aconteceu sentirem-se irresistivelmente atraídos para um livro, mesmo desconhecendo tudo sobre o mesmo? Com A Alquimista das Cores foi assim. Este livro e eu era uma relação quase viciosa; tinha de o ter, tinha de o consumir, e rápido.

Nesta obra encontramos um conjunto de contos sobre os mais variados temas, uns mais violentos do que outros, mas todos com algo em comum: nós. Nós, as gentes, sob as mais variadas formas e perspectivas. E, apesar da escrita bela de Aimee Bender, nós nem sempre ficamos bem na fotografia. Não querendo roubar o conceito alguém, penso que a forma como o livro é descrito na sua sinopse o descreve na perfeição:

Aimee Bender mostra-nos a realidade através de um espelho deformado

E é precisamente isto. Alguns contos estão tão deformados dentro de si mesmos que temos de os ler mais uma vez e engolir em seco ao confirmar que de facto é aquilo que lemos. Alguns são verdadeiramente difíceis de ler... e ao mesmo tempo encantam-nos, devido à forma delicada e cruel com que Aimee escreve. Uma crueldade algo dissimulada num estilo belo e recheado de metáforas, mas sempre presente.
A Alquimista das Cores é perturbante. Há algo em cada conto que nos diz algo, algo com o qual nós nos identificamos e, incrivelmente, este factor torna a leitura mais viciante e mais necessária. Sendo nós, e mesmo sabendo que somos nós, não queremos ser nós. E aqui gera-se uma espiral de reconhecimento e negação, aliada à fantástica habilidade de escrita e criação de histórias de Aimee Bender, que apenas nos deixa descansar quando chegamos à última página. 

O meu único problema com este livro é a forma como a autora termina alguns dos contos. Estamos a ler e de repente... acaba. Começa outro. Finais abruptos e abertos, com tanto ainda por contar e dizer. Compreendo que a autora o faça - provoca uma reacção mais revoltante no leitor, que enquanto submisso se emerge contra o fim mas tem de o aceitar, partindo para outra história... e assim ficar mais parecido com as diferentes personagens dos diferentes contos. Apesar disto, não gostei da forma como alguns dos contos acabaram, pois depois de tanta coisa dita... mereciam ter um final melhor e mais esclarecedor.

É impossível, para mim, no meio de tantos contos escolher os melhores. Posso apenas afirmar que o que dá o nome ao livro, A Alquimista das Cores, é fantástico e quase um conto de fadas. Lindo, mágico, com todos os ingredientes precisos para ser magnífico.

Aconselho vivamente a leitura deste livro. O dom de Aimee Bender a contar histórias supera qualquer expectativa e A Alquimista das Cores é uma obra memorável, que, quer o leitor queira quer não, ficará connosco durante bastante tempo.

2 comentários :

  1. Ois,

    Bem cada comentario a livros desta editora e fico com vontade de ler, este passava-me completamente ao lado acredita, mas fica registada a tua recomendação ;)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade amigo, a Marcador publica bons livros! Se puderes, lê :D

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por comentares :)