[Novidades] Marcador - Março

março 03, 2016

O MASSAGISTA DE ALMAS,
de JOSECHO VIZCAY ERASO

Neste livro encontrará experiências, vivências e testemunhos, em algumas ocasiões muito marcantes. Estes vêm de pessoas que, por vezes levadas pelo desespero, decidiram que tinham de fazer alguma coisa. Como sair de situações profissionais ou pessoais que lhes provocavam insatisfação.
As circunstâncias da vida que nos conduzira a esses lugares fogem ao nosso controlo epermanecer nelas, ou não, é responsabilidade nossa. O primeiro passo é assumi-las.
O Massagista de Almas narra histórias reais de pessoas que lutaram para concretizar os seus sonhos. E descreve como lutaram e os resultados que obtiveram.
Esta é uma apaixonante viagem de transformação pessoal.

PÁGINAS: 216 | PVP: 17€

A FELICIDADE É UM CHÁ CONTIGO,
de MAMEN SÁNCHEZ

O inexplicável desaparecimento do gentleman Atticus Craftsman parece estar relacionado com as bruxarias de cinco mulheres desesperadas. São funcionárias da revista Librarte e capazes de qualquer coisa para conservar o emprego.
O inspetor Manchego será encarregue de desenredar uma trama na qual a comédia romântica se entrelaça com o drama mais ternurento. E a intriga policial dá lugar ao maior achado literário de todos os tempos.
Aquilo que parece difícil acaba por ser tornar fácil e todos os problemas se afogam num mar de lágrimas… de tanto rir. Tudo isto para chegar à conclusão de que, aconteça o que acontecer, o amor consegue explicar tudo.
A Felicidade é Um Chá Contigo foi considerado «O romance mais divertido do ano!» pela revista Hola.

PÁGINAS: 288 | PVP: 17,50€

PAI COMANDO,
de NEIL SINCLAIR

Escrito por um ex-Comando e pai de três crianças, este manual – tão completo e necessário como divertido e funcional – vai ensiná-lo, de uma forma prática, a sobreviver às primeiras 24 horas e aos primeiros meses do seu bebé.
Pai-Comando oferece um plano detalhado sobre como alimentar, vestir, transportar e entreter os seus bebés «soldados». 
O autor usa a sua experiência de organização militar – e de pai de várias crianças – para ajudá-lo a sobreviver com sucesso à recruta do bebé!
Neste livro vai aprender como:
- Sobreviver às primeiras 24 horas;
- Aumentar o desempenho;
- Manter o moral das tropas elevado e;
- Alimentar, vestir, transportar e entreter os seus soldados.
Que comece o treino!

PÁGINAS: 192 | PVP: 17,50€

LINHAGEM DE BRAVOS,
de EMÍLIO MIRANDA

1289. Um rei. Um foral. Um outeiro.
Simão da Cruz é um pedreiro em fuga, por um crime cometido. Trata-se de um delito de honra. De morte de um fidalgo. A justiça segue no seu encalço.
Em simultâneo, uma família – pai e três filhos órfãos de mãe – abandona, pela calada da noite, as terras do fidalgo a quem sempre serviu. A fuga impõe-se pelo desejo de uma vida melhor, mas também pelo roubo perpetrado. Sobre a carroça furtada ao nobre, um arado de ferro é a esperança de uma vida melhor, em terras de Trás-os-Montes, onde – diz-se – el-rei D. Dinis deseja fundar a cidade.
Depois de se furtarem a inúmeras dificuldades avistam finalmente a cidade que começa a ser envolvida pelas muralhas em construção. Desce o lusco-fusco quando, sob o olhar atento de uma estranha personagem - Robalo, o Tolo, cruzam as portas, a família primeiro, a Simão a seguir.
Enquanto um fidalgo tudo tenta para impedir a implantação da cidade e um povo tudo faz pela sua edificação, há uma história que se constrói. Feita de sangue e de lágrimas, de vidas que se erguem, de mortes, mistérios, fantasmas, religião e adultério e amor.

PÁGINAS: 568 | PVP: 19,95€

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.