[Mais Novidades] Marcador - Agosto

agosto 15, 2016

PORQUE SOFREM AS PESSOAS INTELIGENTES,
de ERIC MAISEL

Este livro é de leitura obrigatória para pais de crianças dotadas, assim como para os milhões de pessoas inteligentes e criativas que procuram uma vida com mais sentido. O psicólogo Eric Maisel decidiu, há anos, através do seu trabalho, identificar os desafios que pessoas com estas características enfrentam com frequência, pessoas como investigadores científicos, génios galardoados, escritores de sucesso, autores da Broadway, advogados poderosos, académicos, etc. Entre esses desafios detectados incluem-se a ansiedade, excesso de reflexão, mania, tristeza e desespero. Desta investigação levada a cabo com as mentes mais inteligentes e brilhantes, Eric Maisel, percebeu o quanto estes desafios podem ser, muitas vezes, devastadores, e como tal, decidiu procurar soluções baseadas nas práticas e nos princípios pioneiros da psicologia natural, por forma a minimizar o seu impacto nestas pessoas. Neste livro desafios e soluções para cada um dos mesmos são apresentados de forma fácil e simples de utilizar. Podem ser consultados e postos em prática por qualquer leitor.

ESPECIFICAMENTE, OS DESAFIOS ENCARADOS POR PESSOAS INTELIGENTES INCLUEM:

- «síndrome do cérebro acelerado»
- viver numa cultura anti-intelectual
- encontrar ideias dignas de amar
- lidar com o tédio e a hipersensibilidade 
- descobrir sentido na sua vida e no seu trabalho
- lutar para alcançar o sucesso.

PÁGINAS: 216 | PVP: 15€

A TERAPEUTA,
de GASPAR HERÑANDEZ

Hèctor Amat, um actor famoso que sofre de ataques de ansiedade, vê-se envolvido num terrível crime. Sem saber como, nem porquê, aparece num parque de estacionamento, junto de uma mulher assassinada. Por mais que se esforce para reconstruir os seus passos, não consegue lembrar-se do que aconteceu. O tempo e a investigação não jogam a seu favor, por isso, Héctor decide pedir ajuda como derradeiro recurso para recuperar a memória. Visita então o consultório da psicóloga Eugénia Llort, a terapeuta que o atendeu depois do crime. Esta relação, num primeiro momento profissional, vai-se convertendo num relacionamento de dependência, que atingirá limites nada usuais. Para que Hèctor possa representar, a psicóloga vai todas as noites ao teatro onde ele interpreta Dick Diver, o protagonista de Terna É a Noite, tal como a sua personagem, um psicólogo que se apaixona por uma paciente, também ele acaba por se apaixonar perdidamente pelo terapeuta.

PÁGINAS: 232 | PVP: 17,50€

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.