quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Se Eu Ficar, de Gayle Forman - Sinopse & Opinião

Se Eu Ficar (Se Eu Ficar, #1)
Título: Se eu Ficar
Título Original: If I Stay
Série: If I Stay #1
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano de Publicação: 2014
Número de Páginas: 224

A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

***************

Um livro que deu tanto que falar, que prometeu tanto, que viu a sua adaptação para cinema... Há muito que queria ler este livro, e finalmente pude fazê-lo. Bendita a hora!

Se Eu Ficar conta a história de Mia em duas fases da sua vida: flashbacks do passado e se fica, ou se parte, no presente, após um acidente de carro que a deixou em coma e matou os seus pais e irmão mais novo. É uma leitura extremamente emocional e, apesar de ser ler facilmente, não é propriamente aquilo que se lê levemente, pois trata de algo tão poderoso e trágico que é difícil ficar indiferente.
Adorei a forma como a narrativa se desenvolve. Cada capítulo traz uma nova memória, que nos ajuda a conhecer melhor Mia e a saber mais sobre si. A sua relação com Adam é simplesmente adorável, um amor jovem e puro. Os seus pais são fantásticos, e o seu irmão pequenino... De repente, tudo lhe é arrancado e temos uma Mia que deambula pelos corredores do hospital, vê o sofrimento da família e dos amigos. É desolador.

Enquanto lia Se Eu Ficar, desconhecia que este tinha continuação, e ainda bem - assim o final acabou por ser uma surpresa para mim. Apesar da história do segundo livro me ter entristecido, espero poder ler, pois preciso de saber o que motiva Mia. O final foi mesmo inesperado - pensava que tinha ainda mais história, mais páginas, mas afinal as páginas seguintes eram capítulos do novo livro e entrevista com os actores que deram vida às personagens no cinema! Foi assim de repente, acabou, e eu fiquei ali a olhar para aquela última frase, ainda a tentar assimilar um livro tão profundo e, ao mesmo tempo, tão simples.
Incrivelmente, gostei bastante da história. Talvez pelo mesmo motivo que me leva a ver Anatomia de Grey* e chorar em tantos episódios: e se acontece connosco? Normalmente, estas coisas só acontecem aos outros. E se formos nós os outros? Enquanto li, foi impossível separar o livro da realidade: é tudo bastante vivo, e nós nunca sabemos... Faz-nos meter as coisas em perspectiva e encarar o nascer de um outro dia de forma diferente.

É impossível não gostarmos de Mia. Vê-la crescer através das suas memórias, e reparem... só tem 17 anos. Uma adolescente de 17 anos, com uma vida fácil, que nunca conheceu grande sofrimento, de repente tem de decidir se fica ou se parte. Se vive, ou se morre. Se viver, vai voltar para um quotidiano em que tudo o que sempre conheceu, desaparece. Se acordar, é órfã. O seu irmão pequenino morreu. Se decidir partir... Só tem 17 anos! E há Adam, que na inocência da juventude, lhe implora para ficar, lhe implora para Mia não o forçar a escrever uma música sobre si. Que palavras, que passagens fenomenais...

Quero muito ver a adaptação, principalmente porque gosto da actriz que escolheram para interpretar Mia. Mas também, pelo que vi do trailer, parece-me que conseguiram captar a ideia de pureza inerente a Mia, a magia das suas recordações...

Leiam, leiam, leiam. E mantenham um pacote de lenços à mão, só pelo sim e pelo não.

*eu não vejo Anatomia de Grey só porque pode acontecer comigo, eu realmente adoro a série, mas faz-me chorar baba e ranho!

2 comentários :

  1. Olá Nádia,

    Já estive várias vezes para ler este livro, mas ainda não apareceu o melhor momento.
    gostei muito da tua opinião...deu-me ainda mais vontade de o ler...acho que vou mesmo precisar do tal pacote de lenços -_-' Sou uma chorona neste tipo de livros...

    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Kel!

      Obrigada :) Foi um livro que li em epub e mal possa vou comprar, pois gostei mesmo muito. Já vi o filme também, mas o livro conseguiu mexer mais com os meus sentimentos ^^

      Beijinhos e bom Domingo!

      Eliminar

Obrigada por comentares :)