Short Stories From Hogwarts of Heroism, Hardship and Dangerous Hobbies, de J.K. Rowling - Sinopse & Opinião

novembro 27, 2016

Short Stories from Hogwarts of Heroism, Hardship and Dangerous Hobbies (Pottermore Presents, #1)
Título: Short Stories From Hogwarts of Heroism, Hardship and Dangerous Hobbies
Série: Pottermore Presents #1
Autora: J.K. Rowling
Editora: Pottermore Limited
Ano de Publicação: 2016
Número de Páginas: 71

‘Minerva was the Roman goddess of warriors and wisdom. William McGonagall is celebrated as the worst poet in British history. There was something irresistible to me about his name, and the idea that such a brilliant woman might be a distant relative of the buffoonish McGonagall.’ – J.K. Rowling
Pottermore Presents is a collection of J.K. Rowling’s writing from the Pottermore archives: short reads originally featured on pottermore.com with some exclusive new additions. These eBooks, with writing curated by Pottermore, will take you beyond the Harry Potter stories as J.K. Rowling reveals her inspiration, intricate details of characters’ lives and surprises from the wizarding world.
These stories of heroism, hardship and dangerous hobbies profile two of the Harry Potter stories’ most courageous and iconic characters: Minerva McGonagall and Remus Lupin. J.K. Rowling also gives us a peek behind the closed curtains of Sybill Trelawney’s life, and you’ll encounter the reckless, magical-beast-loving Silvanus Kettleburn along the way.

*********************

E viva os desafios literários que nos trazem livros que nos fazem encolher de alegria, com o coração confortado por aquele calor que só aqueles livros tão, tão, tão bons, conseguem.

Nunca fui muito de seguir o site Pottermore - claro que tenho a casa à qual pertenço (Slytherin), assim como a minha varinha (Cypress wood with a Dragon heartstring core 12 ¾" and Surprisingly Swishy flexibility) o meu Patronus (um black bird, que ainda não sei se é um corvo, um melro, ou outro pássaro preto) e agora a minha casa em Ilvermorny (Thunderbird), portanto as pequenas histórias que J.K. Rowling escrevia para o site sempre me passaram ao lado. E depois leio estas Short Stories (vá, vamos abreviar o título) e fico completamente rendida ao universo de Potter - outra vez.
70 páginas. E ficamos a conhecer McGonagall e Lupin como nunca antes. Tem mais algumas coisas, mas sobretudo a vida destes dois personagens. E admitam, toda a gente gosta destes dois! Conhecemos a história dos pais de McGonagall e como a sua vida acaba por ser tão próxima à da sua mãe, assim como os detalhes da sua infância, vida amorosa e primeiros anos da sua vida adulta. No final, fala dos Animagi - e até tem a receita. Nunca pensei que fosse tão fantástico ler a receita de um feitiço. Com Lupin, aprendemos como a sua maldição começou, e também o acompanhamos de criança a adulto, com todas as dificuldades inerentes à sua condição de lobisomem. Mais uma vez, temos no final alguns acontecimentos sobre a licantropia presente no mundo de Harry Potter e como, com este tópico, J.K. Rowling quis criar uma metáfora para um problema quotidiano ao qual na maior parte das vezes preferimos fechar os olhos. Simplesmente, adorei.
Estas pequenas histórias continuam com a professora Trelawney, personagem com a qual nunca tive grande relação, assim como Kettleburn (quem? Eu sei). Mas a forma como McGonagall e Lupin vivem nos capítulos anteriores eclipsa a pouca relevância que estes dois últimos têm para mim.

Adorei, adorei, adorei. Se estava indecisa quanto a ler o outro volume das Short Stories, agora não há dúvidas. Venha ele!

Short Stories From Hogwarts of Heroism, Hardship and Dangerous Hobbies é delicioso. No meu caso, foi o livro perfeito para ler Harry Potter and the Cursed Child, o que fiz logo de seguida. Tão bom!

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.