Novembro

novembro 01, 2017

Resultado de imagem para hello november

Parece que foi ainda ontem que estava a escrever o post de Setembro já a sonhar com Outubro e hoje já é o primeiro dia de Novembro. O tempo voa!

E com o tempo, também os livros. Não espero ler tanto em Novembro como fiz em Outubro, até porque este mês é mês deeeeeeeeeeeeeee...

NANOWRIMO!

Pois é. Este ano vou aplicar-me a sério e tenho já combinado a grande recompensa se conseguir chegar às 50.000 palavras. Mas quando digo uma grande recompensa, é mesmo grande. Nada mais nada menos que... a trilogia da Mara Dier + o novíssimo The Unbecoming of Noah Shaw (que sai este mês) MAIS a trilogia da Sarah J. Maas, A Court of Thorns and Roses. Portanto, por estes sete livrinhos que têm de vir parar à minha estante, se não for por mais nada!, é por eles.

Vou tentar dedicar entre 1h30-2h de escrita por dia, no mínimo, sendo que vou tentar guardar sempre um espacinho para escrever uma opinião para o Eu e o Bam. Confesso que as opiniões só devem começar a sair regularmente a partir de Janeiro, mas eu tenho opiniões em atraso desde Março ou Abril, o que por si só já é vergonhoso... mas é uma óptima ideia, no meu raciocínio, para conseguir atingir os meus objectivos. As palavras dos comentários não contam para as 50.000, é mais para aproveitar o embalo.

Quanto a plano de leituras... Tenciono manter-me com Todos os Caminhos, de Clara Pinto Correia e Londres de Shakespeare, de Richard Tames. Duas escolhas para a Maratona Literária Outono / Inverno 2017, e para já vou-me ficar por estes dois, pois o mês já vai ser bastante preenchido.

Todos Os Caminhos (A Tirania da Distância #1)Londres de Shakespeare por Cinco Groats ao Dia

Vou tentar manter-me mais activa através de fotografias das leituras ou até do desenvolvimento das escritas para o Nano, portanto não deixem de me seguir nas outras redes sociais, Facebook, Twitter e Instagram.

Bom Novembro para todos!

You Might Also Like

2 comentários

  1. Que giro, também estou a participar no Nanowrimo. Inscrevi-me este ano pela primeira vez. Que aventura! :)

    Beijinhos e boa escrita!

    ResponderEliminar
  2. Olá :) Está a correr relativamente bem, embora o que me custe mais por enquanto seja disciplinar-me a escrever. Distraio-me muito!

    O meu user é denise-luz, procura-me para nos seguirmos :)
    E a ti, como te está a correr?

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.