Bout of Books 21 | Maratonas Literárias

janeiro 08, 2018

Bout of Books

Tenho quase a certeza que está a fazer um ano por esta altura que tentei participar pela primeira vez no Bout of Books e falhei redondamente, mas vamos ver se desta é de vez!

The Bout of Books read-a-thon is organized by Amanda Shofner and Kelly @ Reading the Paranormal. It is a week long read-a-thon that begins 12:01am Monday, January 8th and runs through Sunday, January 14th in whatever time zone you are in. Bout of Books is low-pressure. There are challenges, giveaways, and a grand prize, but all of these are completely optional. For all Bout of Books 21 information and updates, be sure to visit the Bout of Books blog. - From the Bout of Books team

Podem visitar e descobrir mais acerca desta maratona aqui.

O meu plano para o Bout of Books é muito simples: continuar as minhas leituras (duh!). Tendo em conta que antes de iniciar os meus planos quero terminar de ler os livrinhos que trouxe de 2017, nomeadamente Valete de Copas e Dama de Espadas e Os Venenos da Coroa.

Valete de Copas e Dama de EspadasOs Venenos da Coroa

Estou muito curiosa por saber quais os desafios desta maratona e ver se consigo manter-me a par das discussões nas redes sociais. É um dos meus objectivos este ano, ter uma presença nas várias redes sociais mais pesada, mas vocês sabes como eu sou terrível nisso...

E desse lado? Quem é que vai participar no Bout of Books?

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.