[TAG] Livros Não Lidos

abril 09, 2018

Hoje trago-vos uma TAG que vi no canal d'A Croma dos Livros, que podem visitar aqui.


1. O livro não lido mais antigo da tua estante
Eu sei que quando fiz 18 anos comprei alguns livros da colecção da Penguin. Li um dessa colecção (Dracula) e quatro noutras edições (Frankenstein, Dr. Jekyll and Mr. Hyde, The Picture of Dorian Gray e A Midsummer's Night Dream), sobrando assim Wuthering Heights, de Emily Brontë, Madame Bovary de Gustave Flaubert (eu bem comecei a ler no mesmo dia mas nunca mais) e Spirits of the Dead: Tales and Poems de Edgar Allan Pöe.

Resultado de imagem para wuthering heights penguin classicsResultado de imagem para madame bovary penguin popular classicsResultado de imagem para Spirits of the Dead: Tales and Poems

2. Livro não lido que compraste por impulso
Hmmmm... 99%? Eu nunca planeio comprar os livros, é um fenómeno que me acontece 😆 Mas a julgar pelo último que comprei, O Regresso, de Jane Rogers.

Resultado de imagem para o regresso jane rogersResultado de imagem para dezanove minutos

3. Livro que te foi oferecido e não estava na tua wishlist
É muito raro alguém oferecer-me livros, tirando o meu namorado - e ele sabe bem o que eu quero ler, ou então eu simplesmente vou com ele e escolho. Tenho de pensar em quando era miúda, e para isso escolho o Dezanove Minutos, da Jodi Picoult, que eu nunca tinha ouvido falar sequer quando a minha irmã mo ofereceu e adorei.

4. Livro que te arrependes de ter comprado
A Contadora de Histórias, de Jodi Picoult. Comprei porque estava em promoção, saí pelas caixas de self-service e a máquina não deu talão mas não me importei, quando chego ao carro... *facepalm* Eu tinha já um exemplar em inglês e agora sem talão não podia trocar. FML.

Resultado de imagem para a contadora de históriasResultado de imagem para sangue-do-coração

5. Livro que querias muito ler quando o compraste mas depois perdeste a vontade
Não posso dizer que tenha perdido a vontade, mas livros da Juliet Marillier quero sempre muito ler e acabo por nunca o fazer. Neste caso vou escolher Sangue-do-Coração, embora a edição portuguesa esteja há menos tempo na prateleira do que a edição em inglês.

6. Livro que tens vergonha de ainda não ter lido
A Voz, de Anne Bishop. Quem me acompanha sabe que já prometi ler este livro, que ainda por cima é mini!, uma série de vezes? Já o li? Nem por isso 😑

Resultado de imagem para a voz anne bishop

7. Quantos livros tens não lidos na estante?
Não queria muito ter de responder a esta porque a) tenho de me levantar e sair do quentinho para os ir contar e b) Em Novembro/Dezembro juntei-os todos, tirei uma fotografia e tenho bem fresco na memória o trabalhão que deu por serem tantos. E só contei os da sala. Então, nova ronda só na sala, dá um total de... 243.



Sintam-se à vontade para responder!

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.