[Novidades] Marcador - Fevereiro

fevereiro 12, 2015

ENERGIA PALEO,
de MARK SISSION

10 PASSOS SIMPLES PARA UMA TRANSFORMAÇÃO TOTAL

Energia Paleo é um manual de instruções com 10 passos simples que induzem os nossos genes a construir um ser humano moderno saudável, enérgico, feliz, magro, forte, esperto e produtivo.

DIETA ▪ EQUILÍBRIO ▪ SAÚDE

As leis da Energia Paleo são simples e intuitivas, ao contrário de muitos elementos de outros programas que sugerem que temos de sofrer e de nos esforçar para alcançar os nossos objetivos de boa condição física e perda de peso.

AS 10 LEIS DA ENERGIA PALEO:
Comer muitas plantas e animais;
Evitar coisas venenosas;
Movimentar-se frequentemente, mas sem pressa;
Levantar coisas pesadas;
Correr de vez em quando;
Dormir o suficiente;
Divertir-se;
Apanhar luz solar suficiente;
Evitar erros estúpidos;
Usar o cérebro.

PÁGINAS: 368 | PVP: 17,50€

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.