[Novidades] Alfarroba - Maio

maio 17, 2015

Cleo
CLEO,
de SANDRA PESTANA

Quando aquela porta se abriu e a vi a olhar para mim, percebi que eu era muito desejada.
Ao pegar-me ao colo com carinho, aconchegar-me contra o peito e sussurrar-me ao ouvido que eu era a melhor prenda que já recebera, soube, de imediato, que tinha chegado a casa.

COLECÇÃO: TESTEMUNHO | PÁGINAS: 144 | PVP: 12€

OS DEUSES,
de RUI TELLES

Rege­‑nos a ideia e a devoção, que os interesses são sagrados para qualquer consciência livre.

PVP: 13,50€

GILGAMESH NA DEMANDA DA IMORTALIDADE,
de ARTUR PAIS

Gilgamesh, um herói, um rei que reinou em tempos a cidade de Uruk, dotado de uma grande beleza e implacável com os seus adversários e inimigos.
Nunca tinha conhecido uma derrota ou submissão em qualquer luta, o que o levava a abusar do seu poder.
O seu povo, perante tal tirania, rogava com muita fé aos deuses. Todos esperavam ser ouvidos, para que o rei todo-poderoso se tornasse mais humano.
Com tantas preces, os céus tiveram a seu cargo a missão de alterar o rumo da História e a atitude de Gilgamesh.

PVP: 10€

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por comentares :)

Um livro é muito mais do que um volume transportável. Um livro é uma mala que levamos connosco quando vamos viajar, pois nele temos tudo o que precisamos. Um livro é mais do que um bem comercializável, é o orgulho de carregar a alma em palavras do seu autor. Um livro é mais do que um livro, ao fim e ao cabo. É o nosso pai e a nossa mãe quando se precisa, nunca esperando mais de nós mas sempre lá para nos dar uma lição. É mais do que um amigo, pois não nos julga, não nos faz perguntas; ouve o nosso interior e responde às questões que nem nós sabíamos que tínhamos cá dentro. Um livro é mais do que um amante, duro como a realidade: umas vezes sonhamos e deleitamo-nos nas suas folhas, outras deixamos dobradas, riscadas, magoadas, outras deixamos a um canto e nunca mais olhamos. Desperta em nós uma panóplia de sensações: o toque da capa, da folha; o cheiro das páginas; o prazer da beleza da capa, das letras. Um livro é mais do que isto tudo, e ainda mais do que isso. Porque com ele viajamos, sonhamos, vivemos, aprendemos, amamos, sentimos, choramos e rimos, tudo sem sair do sítio. E uma façanha destas, vinda de algo tão pequeno e tão frágil, é quase comovente.